Pular para o conteúdo principal

Contemporaneidade

 Se parássemos para pensar e refletir, as nossas ideologias diárias, os nossos pensamentos infelizes e a essa sociedade a qual estamos sujeito a viver, enlouqueceríamos. O mundo contemporâneo perdeu a preocupação, o bom senso e a ética, hoje pais matam filhos e filhos matam pais, nos dias de hoje um individuo é morto por sete reais, os bandidos estão no poder, e eles afirmam: “O dinheiro não é nosso”!
Tanta hipocrisia, santa boa educação, “com licença, obrigado, bom dia”, parece que foram exterminados de nossos dicionários, me parece que os seres humanos perderam aquela sensibilidade dos tempos modernos, e hoje vivemos no privado, no individualismo, no capitalismo, este a base da nossa sociedade.
            Nos dias atuais crianças não brincam mais de carrinhos, de pipa, piões, toca, bola, hoje a vida de uma criança se prende a um monitor, a desenhos animados, tabletes, smartphones. Por hora, penso meu Deus que pena, estas perderam toda infância. O que será desses pequenos brasileiros daqui a dez, vinte anos? O que será que estas criaturas contarão aos seus filhos sobre sua infância?
            As ruas vazias, as pessoas com mentes frias, os políticos dominando tudo. Talvez, chegará o tempo da regeneração da sociedade, eu acredito que as crianças voltaram a serem crianças, creio que as pessoas irão lembrar-se dos bons costumes e que um dia iremos ter uma politica: limpa, igualitária e democrática, pois só assim erradicaremos a miséria, a fome, a violência e levaremos saúde e educação aos brasileiros do norte ao sul.      
                                               - Luis Felipe -

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Frase Reflexiva: Ariano Suassuna

O justo e o justiceiro - Padre António Vieira

Que os juízes hão de ser humanos; por isso não veem Cristo julgar em quanto Deus, senão em quanto homem. A humanidade é o realce da justiça: entre o justo e o justiceiro há esta diferença - ambos castigam, mas o justo castiga e peza-lhe; o justiceiro castiga e folga. O justo castiga por justiça, o justiceiro por inclinação: o justo com mais vontade absolve, que condena; o justiceiro com mais vontade condena, que absolve. A justiça está entre a piedade e a crueldade: o justo propende a ser piedoso; o justiceiro para ser cruel. (Padre António Vieira)

Reflexão Bíblica: Tempo para tudo

       Para tudo há um momento e um tempo para tudo o que se deseja debaixo do céu: Tempo de nascer e tempo de morrer, tempo de plantar e tempo de arrancar plantas, tempo de matar e tempo de curar, tempo de destruir e tempo de edificar, tempo de chorar e tempo de rir, tempo de lamentar e tempo de dançar, tempo de atirar pedras, e tempo de ajuntá-las, tempo de abraçar e tempo de evitar o abraço, tempo de procurar e tempo de perder, tempo de guardar e tempo de atirar fora, tempo de rasgar e tempo de coser, tempo de calar e tempo de falar, tempo de amar e tempo de odiar, tempo de guerra e tempo de paz. (Eclesiastes 3, 1-8)