Pular para o conteúdo principal

Parabéns Sport, 108 anos de Glória

     Aos exatos 13 de maio de 1905, regressava à Recife um jovem estudante de Engenharia,  um rapaz que foi buscar na Europa aquilo que o seu estado não lhe concedia, mas também, além da bagagem acadêmica, trouxe consigo uma paixão e um amor ardente do que o mesmo tinha visto na Inglaterra, este amor resumiu-se em 7 letras: FUTEBOL.
     A esta paixão Guilherme de Aquino como era conhecido, futuramente deu o nome de Sport, um time que surgiu sob o signo da valentia que no ano de 1919 a ainda “criança Sport”, mostrava seu brilho sendo campeão do troféu: Leão do Norte, competição esta considerada dificílima na época, a mesma viera dar ao Sport a sua maior expressão, o seu maior simbolo: O Leão do Norte.
     Com o passar dos anos aquele Sport veio se destacando no cenário nacional, no ano de 2005 aquele Leão do Norte completava 100 anos de glória, o Sport Campeão Brasileiro de 1987, o Sport do Roberto Coração de Leão, dos 201 gols de Traçaia, das faltas do lateral Luisinho Neto, dos 39 títulos pernambucanos, do silêncio dos corintianos na final da Copa do Brasil em 2008, das entrevistas de Carlinhos Bala, dos milagres de Magrão, das inúmeras lágrimas de Ciro, da Raça de Tobi e do inesquecível: zagueiro Durval.
     A este time reuniu-se adeptos  verdadeiros seguidores de uma grande paixão. Atualmente somos mais de 3 milhões de apaixonados, divididos em diversas regiões, em todos os estados e no exterior.  Hoje 13 de maio de 2013, completamos 108 anos de uma belíssima história: rimos, choramos, zoamos, gritamos, aplaudimos e comemoramos. A este Sport de encontros e desencontros, guardamos em nossos corações de forma inesquecível.
     Por isso, mereces um digno: Parabéns, Glorioso Sport Recife!
(Luis Felipe)

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Frase Reflexiva: Ariano Suassuna

O justo e o justiceiro - Padre António Vieira

Que os juízes hão de ser humanos; por isso não veem Cristo julgar em quanto Deus, senão em quanto homem. A humanidade é o realce da justiça: entre o justo e o justiceiro há esta diferença - ambos castigam, mas o justo castiga e peza-lhe; o justiceiro castiga e folga. O justo castiga por justiça, o justiceiro por inclinação: o justo com mais vontade absolve, que condena; o justiceiro com mais vontade condena, que absolve. A justiça está entre a piedade e a crueldade: o justo propende a ser piedoso; o justiceiro para ser cruel. (Padre António Vieira)

Reflexão Bíblica: Tempo para tudo

       Para tudo há um momento e um tempo para tudo o que se deseja debaixo do céu: Tempo de nascer e tempo de morrer, tempo de plantar e tempo de arrancar plantas, tempo de matar e tempo de curar, tempo de destruir e tempo de edificar, tempo de chorar e tempo de rir, tempo de lamentar e tempo de dançar, tempo de atirar pedras, e tempo de ajuntá-las, tempo de abraçar e tempo de evitar o abraço, tempo de procurar e tempo de perder, tempo de guardar e tempo de atirar fora, tempo de rasgar e tempo de coser, tempo de calar e tempo de falar, tempo de amar e tempo de odiar, tempo de guerra e tempo de paz. (Eclesiastes 3, 1-8)