Pular para o conteúdo principal

2ª Auto-análise

Maturidade, palavra que ecoa em meu cérebro e que ao certo nem mesmo o significado sei. Maturidade, maturidade, maturidade... E de repente comemoro minhas quase duas décadas de vida, poxa eu era um garoto, brincava, teimava, irritava, hoje a vida trata de fazer comigo o que eu fazia quando era criança. O medo se espalha e os prognósticos da adolescência findam em continuar, logo eu? Tanto que dizia: “Não existe a-b-o-r-r-e-s-c-ê-n-c-i-a", falcatrua do destino. Carrego comigo um sorriso confiante que ora exala a alegria por trás dele, ora não demonstra o que de fato estou sentindo. Em meu peito guardo pessoas que há anos não vejo, porém suas marcas serão fielmente eternizadas no cofre do coração. Em minha mente carrego uma bagagem que palavra alguma conseguirá descrever, lá tem tudo que sou hoje, carrego experiências de vida dos meus pais, amigos, professores e pessoas que nunca conseguirei retribuir a gentileza do conhecimento que me foi dado (dinheiro algum pagará). Na essência levo um caráter voltado para minha formação cristã, muitas vezes as pessoas não me compreendem, pouco me importo, sou o que sou e isso basta. Se fosse para definir-me diria que sou como uma incógnita, sim um famoso "X" no meio dos problemas, não um número desconhecido, mas, um valor escondido na matemática da vida, que para encontrar é preciso calcular, às vezes é mais que necessário somar as alegrias da vida, em outros momentos subtraio as negatividades que aparecem, multiplico o que for de bom e busco dividir ao máximo para poder multiplicar ainda mais.
(Luis Felipe)
  

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Frase Reflexiva: Ariano Suassuna

O justo e o justiceiro - Padre António Vieira

Que os juízes hão de ser humanos; por isso não veem Cristo julgar em quanto Deus, senão em quanto homem. A humanidade é o realce da justiça: entre o justo e o justiceiro há esta diferença - ambos castigam, mas o justo castiga e peza-lhe; o justiceiro castiga e folga. O justo castiga por justiça, o justiceiro por inclinação: o justo com mais vontade absolve, que condena; o justiceiro com mais vontade condena, que absolve. A justiça está entre a piedade e a crueldade: o justo propende a ser piedoso; o justiceiro para ser cruel. (Padre António Vieira)

Reflexão Bíblica: Tempo para tudo

       Para tudo há um momento e um tempo para tudo o que se deseja debaixo do céu: Tempo de nascer e tempo de morrer, tempo de plantar e tempo de arrancar plantas, tempo de matar e tempo de curar, tempo de destruir e tempo de edificar, tempo de chorar e tempo de rir, tempo de lamentar e tempo de dançar, tempo de atirar pedras, e tempo de ajuntá-las, tempo de abraçar e tempo de evitar o abraço, tempo de procurar e tempo de perder, tempo de guardar e tempo de atirar fora, tempo de rasgar e tempo de coser, tempo de calar e tempo de falar, tempo de amar e tempo de odiar, tempo de guerra e tempo de paz. (Eclesiastes 3, 1-8)