Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Outubro, 2013

Silêncios e Palavras

É fácil trocar as palavras, Difícil é interpretar os silêncios! É fácil caminhar lado a lado, Difícil é saber como se encontrar! É fácil beijar o rosto, Difícil é chegar ao coração! É fácil apertar as mãos, Difícil é reter o calor! É fácil sentir o amor, Difícil é conter sua torrente! Como é por dentro outra pessoa? Quem é que o saberá sonhar? A alma de outrem é outro universo Com que não há comunicação possível, Com que não há verdadeiro entendimento. Nada sabemos da alma Senão da nossa; As dos outros são olhares, São gestos, são palavras, Com a suposição De qualquer semelhança no fundo. (Fernando Pessoa)

Reflexão: Chico Xavier

Administradores do conhecimento

Que me perdoem os médicos, os bombeiros, engenheiros, arquitetos. Que me perdoem os políticos, garis, mecânicos, técnicos, mas não posso omitir, nem tampouco deixar de relatar o papel incondicional daquele que na sua limitação acorda todos os dias para combater a mídia, as tecnologias e todas as forças contrárias ao conhecimento. Aquele que muitas vezes realiza todas essas funções em seu horário de trabalho e infelizmente na maioria das vezes não é reconhecido. Aquele que leciona carrega consigo o dom da experiência, da aprendizagem e da incansável busca do saber, ensinar é uma arte tão sublime que move nações, forma opiniões e principalmente escreve junto com o aluno, o futuro. O que seria de nós se não fossem estes mestres, dignos de aplausos, porém o mundo nega, não reconhece seu devido valor. Lembro-me perfeitamente das primeiras palavras pronunciadas, das primeiras vogais, operações efetuadas e textos que se eternizam no mundo do conhecimento. O ser professor não é joga