Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Novembro, 2013

Augusto Cury

Não duvide do valor da vida, da paz, do amor, do prazer de viver, em fim, de tudo que faz a vida florescer. Mas duvide de tudo que a compromete. Duvide do controle que a miséria, ansiedade, egoísmo, intolerância e irritabilidade exercem sobre você. Quando somos abandonados pelo mundo, a solidão é superável; quando somos abandonados por nós mesmos, a solidão é quase incurável. Sábio é o ser humano que tem coragem de ir diante do espelho da sua alma para reconhecer seus erros e fracassos e utilizá-los para plantar as mais belas sementes no terreno de sua inteligência. Ser livre é não ser escravo das culpas do passado nem das preocupações do amanhã. Ser livre é ter tempo para as coisas que se ama. É abraçar, se entregar, sonhar, recomeçar tudo de novo. É desenvolver a arte de pensar e proteger a emoção. Mas, acima de tudo, ser livre é ter um caso de amor com a própria existência e desvendar seus mistérios. Se seus sonhos são pequenos, sua visão será pequena, suas metas serão limi

Frase: Emiliano Zapata

Conclusão do TCC: Ditadura militar no Brasil ---- O Brasil de 64: "Entre flores e canhões"

             Mediante aos aspectos, pesquisas e dados levantados, observei que o povo brasileiro apoiava sim o golpe militar, não a ditadura, isto se justifica pelo simples fato do comunismo defendido pelo último democrático (João Goulart) antes do golpe de estado.             As bases comunistas jamais favorecerão a burguesia, nem muito menos a Igreja Católica que na década de 60 somava seus 90% de fiéis em território brasileiro, onde os princípios doutrinários confrontariam o regime comunista, devido a isto esta importante religião posicionou-se a favor do golpe militar.             Tomada as rédeas do país observei também que dentro da própria ARENA, havia divisões: “linhas dura” , eram aqueles que pregavam a repressão total dentre eles estão: Costa e Silva e o próprio Médici, por outro lado tinham os “sorbonnes” (fazendo referência a Universidade Paris-Sorbonne) estes eram mais intelectualizados, é o caso de Castelo Branco por exemplo, muitos historiadores considera-os mais mo