Pular para o conteúdo principal

Depois de algum tempo - William Shakespeare

Depois de algum tempo, aprendemos a sutil diferença entre DAR a mão e ACORRENTAR uma alma.Aprendemos que AMAR não significa apoiar-se, e que companhia nem sempre significa SEGURANÇA.
Aprendemos que BEIJOS não são contratos nem promessas.
Passamos a ACEITAR as derrotas com a cabeça erguida e olhos ADIANTE.
Depois de um tempo, aprendemos que o sol QUEIMA se a ele ficarmos expostos por muito TEMPO.
Aprendemos que não IMPORTA o quanto nos importemos, algumas PESSOAS simplesmente não se importam.
Aceitamos que não importa quão boa seja uma PESSOA, ela vai nos FERIR de vez em quando e precisaremos perdoá-la por isso.
Descobrimos que é necessário certo tempo para construir CONFIANÇA e poucos segundos para destruí-la.
Aprendemos que é possível fazer coisas em um INSTANTE, das quais nos arrependemos pelo resto da VIDA.
Descobrimos que verdadeiras AMIZADES continuam a crescer mesmo a longas distâncias, e que o importante não é o que temos na vida, mas QUEM temos.
Aprendemos que as circunstâncias e os ambientes têm INFLUÊNCIA sobre nós, mas nós somos RESPONSÁVEIS por nós mesmos.
Aprendemos que se não controlarmos nossos atos, eles nos controlarão, e que ser flexível não significa ser fraco ou não ter PERSONALIDADE.
Aprendemos que heróis são pessoas que fizeram o que era necessário fazer, enfrentando as CONSEQUÊNCIAS.
Aprendemos que quando estamos com RAIVA temos o direito de estar com raiva, mas, isso não nos dá o direito de ser CRUEL.
Descobrimos que só porque alguém não nos AMA do jeito que queremos, não significa que esse ALGUÉM não nos ame com tudo o que pode.
Aprendemos que o TEMPO não volta, e aprendemos que realmente podemos SUPORTAR.
Também percebemos que a VIDA tem o valor e que temos VALOR diante dela!
(William Shakespeare)

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Frase Reflexiva: Ariano Suassuna

O justo e o justiceiro - Padre António Vieira

Que os juízes hão de ser humanos; por isso não veem Cristo julgar em quanto Deus, senão em quanto homem. A humanidade é o realce da justiça: entre o justo e o justiceiro há esta diferença - ambos castigam, mas o justo castiga e peza-lhe; o justiceiro castiga e folga. O justo castiga por justiça, o justiceiro por inclinação: o justo com mais vontade absolve, que condena; o justiceiro com mais vontade condena, que absolve. A justiça está entre a piedade e a crueldade: o justo propende a ser piedoso; o justiceiro para ser cruel. (Padre António Vieira)

Reflexão Bíblica: Tempo para tudo

       Para tudo há um momento e um tempo para tudo o que se deseja debaixo do céu: Tempo de nascer e tempo de morrer, tempo de plantar e tempo de arrancar plantas, tempo de matar e tempo de curar, tempo de destruir e tempo de edificar, tempo de chorar e tempo de rir, tempo de lamentar e tempo de dançar, tempo de atirar pedras, e tempo de ajuntá-las, tempo de abraçar e tempo de evitar o abraço, tempo de procurar e tempo de perder, tempo de guardar e tempo de atirar fora, tempo de rasgar e tempo de coser, tempo de calar e tempo de falar, tempo de amar e tempo de odiar, tempo de guerra e tempo de paz. (Eclesiastes 3, 1-8)